sexta-feira , 23 fevereiro 2024

4 Novos Parques na Orla da Guarapiranga

O Diário Oficial da Cidade que circula nesta quarta-feira (30) publica decretos do prefeito Gilberto Kassab instituindo quatro parques municipais, com um total de 1 milhão de metros quadrados. Todos ficam na orla da represa Guarapiranga, na Zona Sul da Cidade. São as seguintes as novas áreas verdes de São Paulo: Parque da Barragem, Parque do Castelo, Parque São José e Parque e 9 de Julho.

Os novos parques se somam ao Parque Praia de São Paulo, de 168 mil metros quadrados e também na orla da Guarapiranga, criado há um mês por Kassab. Com a instituição das áreas verdes, a Prefeitura atua para preservar mananciais existentes no Município, além de proporcionar locais para lazer e a prática de esportes naquela parte da Cidade.

O Decreto nº 49.444 cria o Parque São José, ao longo da rua Frederico René de Jaegher. Com 95 mil metros quadrados, terá ciclovia, pista de caminhada, duas quadras de areia para a prática de futebol e vôlei, playground, equipamentos para exercícios físicos e estacionamento. A primeira etapa, de 25 mil metros quadrados, será concluída neste semestre.

O Parque do Castelo, instituído pelo Decreto nº 49.445, disporá de área de 103 mil metros quadrados. Vai ter áreas para descanso e contemplação da fauna, flora e da represa, com pontos para pesca e pista de caminhada, em meio à mata nativa. O parque fica entre a avenida Robert Kennedy e a rua Zeferino Borges Barreto.

Com 537 mil metros quadrados, o Parque 9 de Julho, criado pelo Decreto nº 49.446, é o maior dos quatro parques. Terá seis quadras poliesportivas, ciclovias, pista de caminhada, campo de futebol, áreas com quiosques, áreas para passeio a cavalo, vestiários, banheiros, estacionamento e pista de aeromodelismo. A principal atração do espaço, situado na Frederico René de Jaegher, será a “piscina” de 40 mil metros quadrados de lâmina de água, com 150 mil metros quadrados de areia ao redor, ou seja, a própria represa da Guarapiranga.

Por fim, o Decreto nº 49.447 instituiu o Parque da Barragem, com 305 mil metros quadrados, em terreno pertencente à Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), no encontro das avenidas Robert Kennedy e João de Barros. No local será instalada a sede da Guarda Civil Ambiental, criada pela Prefeitura.

Os dois campos de futebol improvisados no local receberão melhoramentos e terão dimensões oficiais. Ali também serão construídas ciclovia, pista para caminhada, duas quadras de areia para prática de vôlei e futebol, além de estacionamento e sanitários. A área receberá playground, equipamentos para a prática de exercícios físicos e será arborizada com 2.400 árvores.

Caberá a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, por meio do Departamento de Parques e Áreas Verdes, a implantação e o gerenciamento dos parques, assim como a elaboração de programas de ação nas unidades. Os novos parques exigirão investimentos de R$ 34,3 milhões.

Integração à Cidade

“Esses parques representam uma reocupação do espaço urbano, antes controlado por interesses privados”, afirmou o secretário municipal de Esportes, Lazer e Recreação, Walter Feldman.

A Prefeitura iniciou a derrubada de 570 metros de muro ao longo da avenida Robert Kennedy, na área que será transformada no Parque da Barragem. O muro será substituído por gradil, para possibilitar a visualização da represa por quem passa na avenida.

“A criação desses quatro parques integra um projeto maior da atual administração. Vamos triplicar o número de parques da Cidade. O trabalho que vem sendo feito na região da Guarapiranga é um exemplo de desenvolvimento sustentável, com fiscalização do poder público”, afirmou Eduardo Jorge, secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente.

Fonte: Prefeitura da Cidade de São Paulo

Deixe um comentário

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube